Uma das empresas com as quais trabalhamos tinha uma experiência próxima do teletrabalho em 2008, quando decidiu basear a sua equipe administrativa na América do Sul, enquanto a sua sede estava na Inglaterra. Ela decidiu centralizar a sua vantagem competitiva na oferta de um preço mais baixo, apoiada na possibilidade de pagar salários em pesos, enquanto os seus concorrentes pagavam salários em libras esterlinas.

A empresa destaca que os primeiros meses foram muito positivos. Eles perceberam um grande valor em ter uma força de trabalho a um custo consideravelmente menor comparado ao que teriam com as suas operações na Inglaterra. No entanto, depois de um tempo, começaram a perceber que a produtividade de suas equipes remotas não era a esperada e eles não tinham ideia de como superar esse obstáculo. Como nesse caso, muitas empresas têm dificuldade em gerir o desempenho e a produtividade de suas equipes de trabalho. Supervisão rigorosa não é a resposta, já que a produtividade de uma pessoa só pode vir da motivação espontânea e natural – isto é, do seu desejo de fazer alguma coisa.

Um fator determinante é que a nosso formação cultural não foi direcionada à geração de hábitos, disciplina, cumprimento de objetivos e foco. Pelo contrário, desde a escola nós fomos ensinados a nos comportar quando o professor estava presente e a agir sob pressão ou coerção. Por isso, o problema das empresas que enfrentam desafios de produtividade está na falta de suporte para os seus membros, para que possam se concentrar no que agrega valor ao seu trabalho, ajudando-os a gerar os resultados esperados em menos tempo para que possam ter um melhor equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal.

O gerente da empresa britânica procurou ajuda para resolver o problema da produtividade e, com a instalação do nosso agente automático de produtividade, ele percebeu que, dadas as longas horas de trabalho que exigia, as pessoas percebiam que a sua produtividade era medida pelas horas conectadas ao computador, e não pelo valor que estavam agregando à empresa. Iniciou-se, então, um esforço de sensibilização através do qual todos entenderam que a solução era repensar esse conceito e ajudar os membros da equipe a se concentrarem no valor agregado de seu trabalho. Assim, eles não apenas conseguiram ter um horário de trabalho mais curto, mas a empresa também conseguiu um crescimento significativo, maior sustentabilidade, um atendimento ao cliente melhor e mais oportuno e, acima de tudo, alcançaram o seu objetivo de estar um passo à frente dos concorrentes.

Em conclusão, para o sucesso do teletrabalho ou do trabalho remoto, as empresas devem usar a tecnologia para apoiar os membros de suas equipes e gerar disciplina e autogestão.

Related Post

Leave a Comment

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

2035 Sunset Lake Road, Newark, DE.
Carrera 67 No. 100-20 Bogotá, Colombia.
Monjitas 565, Santiago, Chile.

Correo: support@clowdwork.com
Skype: Support ClowdWork
WhatsApp: +57 3002280279

Termos e Condições

Encontre-nos em

 

 

© ClowdWork Inc. 2020 Todos os direitos reservados.